sábado, dezembro 11, 2010

Golden Hair

Golden Hair



faltaram os acordes ácidos de Syd
me perdoou! e ouvi na penumbra
nos acordes fórmicos TRISTES
os seguinte versos
simples






"Vem pra janela, loira minha
Te ouvi cantando, na fria brisa
meu livro fechou, não leio mais
No chão o fogo, a dançar
Deixei meu livro, deixei meu lar

Pra ouvir-te cantar no escuro
cante e cante, a alegre melodia
Vem pra janela, loira minha"
(sYD bARRET e jAMES jOYCE)

Livre tradução de Confligerante

(à mãe de Lelê, que hoje se foi)

Nenhum comentário: