terça-feira, agosto 19, 2008

a proposta

mehr von hauser





entre neve e neve
uma proposta bela
feita pra gente livre

mas o livre não fica
livre, o livre nasceu livre
viveu livre

frau kannawurf
como queria eu fugir
sob teus olhos
que acho, eram verdes

e livre ser
entre tuas montanhas
teus vales

quem me dera deitar
minha cabeça quente
em teu colo calmo
sentir os teus dedos
penteando meus cabelos

domingo, agosto 17, 2008

hauser






um hauser, caspar
doido de pedra
que na loucura do homem
não pega

esse cara, de nürnberg
quem sabe? navega erra
pela depravação das formas
absorve o mundo o nega

aprende com o homem
se desvai se desentende
a loucura a mentira
e amadoramente mente

esse cara, esse hauser
nem amor nem ninguém
não tem casa nada
mas espera alguém

assim vão essas bobas rimas
sobre um certo hauser
quem não soube a que veio

não deixou obra prima
não teve cara nem causa
só ferveu e mexeu seu meio