sábado, dezembro 24, 2005

algo lá

escrito de tempos de madurecência




lá fora os passarinhos estridem
o bem-te-vi que não me viu, ouviu?
de cima do muro bem-te-voou
e a jabuticaba preta, doce, do meu pezinho de
jabuticaba esquerdo.
A do direito azedou
Jabuticaba ou jaboticaba?
É renitente o sol, me espanca
com seu calor
me amolece.
Esse país vai se vivendo muito.