terça-feira, agosto 09, 2005

meninar

escrito em outro tempo




eu menino num ninho
tu meninas nos gerais das minas
ela menina no meio-fio da esquina
nós meninamos sempre cheios de encantos
vós meninais nas minas dos gerais
elas meninam e acalantos trinam

Um comentário:

A metanóica disse...

As minas dos gerais sempre inspiram o embalar da poesia...
Amei.