domingo, julho 24, 2005

Brecht, Brecht!


E aquela casinha, na beira de um lago, na qual subia pela chaminé a branca fumacinha?
Para alguns falo que o bom da fumacinha era a amada...

Nenhum comentário: